segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Avenida da Liberdade

A vossa sempre atenta costureira da Brandoa já reparou que os blogues de Moda estão a nascer como cogumelos à chuva. Eu não me importo nada. Acho excelente até! Gosto de companhia nesta cruzada de mostrar o gosto das pessoas que andam na rua. E Lisboa pode gabar-se de ter das pessoas mais bem vestidas do mundo! Já vos tenho mostrado aqui algumas, mas hoje fui pescar uma foto tirada pelo blogue Fashion-à-Porter  (féchon à pórtê, em português). A minha colega bloguer Pépa tem o condão de descobrir pessoas que eu já não vejo há algum tempo. Vejam as fotos e tirem as vossas conclusões. Adoro os padrões animais, as línguas de fora, os calções, as pernas peludas, os cartões pendurados ao pescoço, as fotos tiradas na primeira fila da Moda Lisboa, as poses no Terreiro do Paço, enfim... ADORO o blogue da Pépa! E como homenagem escolhi a foto que vêem abaixo.


Não sei onde a Pépa descobriu esta menina, com toda a pose uma mulher estátua num domingo aborrecido na Avenida da Liberdade. Aliás, creio que aparte do penteado, o que mais adoro é o braço direito em riste a segurar aquela bolsa: decerto cheia de lenços, estojos de manicure, escovas de cabelo, agendas, revistas Nova Gente, sacos de plástico para não ter de os pagar no Minipreço, enfim... tudo aquilo que anda na bolsa de uma mulher sofisticada. O braço em riste é mesmo uma metáfora da força da mulher moderna, que segura estoicamente a sua bolsa. Não importa se o cabelo foi cortado em casa ou os ténis chamam mais a atenção que um OVNI no céu: a bolsa está segura!! O pulso está ligeiramente distendido, a mão fechada segura um molho de chaves. De repente lembro-me da Luísa da Calçada de Carriche do António Gedeão. Tal como Luísa, a mulher portuguesa moderna é uma guerreira... mas cheia de estilo. E vai em conquista da Avenida da Liberdade! 
Parabéns Pépa pela foto magnífica! Melhor era mesmo impossível!

Sem comentários:

Enviar um comentário